• Banner

História

  • A associação é denominada ASSOCIAÇÃO BEM-ESTAR EM CRUZ DA LÉGUA e tem a sua sede no lugar de Cruz da Légua, freguesia de Pedreiras, concelho de Porto de Mós.
  • A Associação Bem-Estar em Cruz da Légua foi constituída por escritura pública celebrada no cartório Notarial de Porto de Mós em 12 de Fevereiro de 1982, surge como resposta à grande problemática da população da Cruz da Légua e dos lugares vizinhos das freguesias das Pedreiras, carecidas de instituições que satisfaçam as necessidades culturais e sociais, nomeadamente a protecção e apoio às pessoas idosas.
  • A Associação Bem-Estar em Cruz da Légua é uma Instituição Particular de Solidariedade Social devidamente registada na Direcção Geral da Acção Social, que tem por objectivo o apoio às famílias, protecção à terceira idade, na promoção e desenvolvimento do nível de vida e bem-estar social, nomeadamente através de:
    1) Criação de esquemas de apoio à terceira idade (Lar de Idosos, Centro de Dia e Apoio Domiciliário);
    2) Realização de conferências e palestras culturais, organização de cursos de formação, realização de sessões de esclarecimento com vista à melhoria do nível cultural da população;
    3) Promoção de actividades complementares: culturais, recreativas e educativas, e outras iniciativas úteis ao desenvolvimento harmonioso da personalidade humana.
  • O principal objectivo da Associação Bem-Estar em Cruz da Légua é a protecção à terceira idade, todos os fundos provenientes das quotas dos associados e subsídios de qualquer
    natureza destinados ao Lar de Idosos, Centro de Dia e Apoio ao Domicílio não poderão ser
    desviados para outros fins.
  • A Associação Bem-Estar em Cruz da Légua deve proporcionar a todos os utentes da instituição formas de ocupação, passatempos adequados e todos os carinhos, para que sintam felizes.
  • A Associação Bem-Estar em Cruz da Légua é composta por um número ilimitado de sócios, podendo ser admitidos como associados os indivíduos maiores de ambos os sexos e as pessoas colectivas. A qualidade de sócio prova-se pela inscrição no livro respectivo que a Instituição obrigatoriamente possui.
  • O estabelecimento é dirigido por uma Directora Técnica que é responsável perante a Direcção pelo seu funcionamento e eficiência dos serviços, bem como pelo cumprimento de normas e instruções determinadas.
  • Os órgãos sociais da Instituição são constituídos por: Assembleia Geral, a Direcção e o Conselho Fiscal. Os órgãos são eleitos pelos sócios efectivos no pleno gozo dos seus direitos para um mandato.
  • A Assembleia Geral é constituída por todos os associados no pleno gozo dos seus direitos e é dirigida pela respectiva mesa, composta por um Presidente, um Primeiro Secretário e um Segundo Secretário, que dirigirão os trabalhos de cada reunião.
  • A Direcção é constituída por sete membros: um Presidente, um Vice-Presidente, um Secretário, um Tesoureiro e três Vogais.
  • O Conselho Fiscal é constituído por um Presidente e dois Secretários.